AÇÃO ENTRE SECRETARIAS DESENVOLVE ATIVIDADES COM FOCO NA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DA POPULAÇÃO

Em meio aos transtornos que cidadãos enfrentam em sua vida pessoal, quando problemas passam afetar a sua saúde mental, o que é uma situação vivida em todo o país, as Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Assistência Social de Santaluz, tendo o apoio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF e o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, estão desenvolvido um tabalho de levar informações sobre o assunto aos moradores de algumas comunidades do município.
 
Através de palestras, o objetivo da ação conjunta das secretarias é orientar a sociedade sobre a identificação dos sinais do adoecimento psíquico, formando grupos de pessoas e ao mesmo tempo criando um quadro diagnóstico de cada localidade visitada. Entre 14 de abril e 1º de maio, dois suicídios foram registrados na comunidade de Sisalândia, por exemplo, o que acabou despertando a necessidade de realização de ações como esta. Os casos surpreenderam a comunidade e toda a sociedade luzense.
 
No Povodado Várzea da Pedra foi lançada uma semana de atividades na área de educação, sendo que na segunda-feira, 08, o NASF e o CAPS realizaram um bate-papo com moradores, onde a Nutricionista Calila, a Enfermeira Daiane e Psicóloga Merioldes, compartilharam seus conhecimentos para falar da saúde física e mental.
 
Na Praça Eziquiel Cardoso, entre os dias 15 à 17 de maio, pela manhã, haverá uma programação com danças, palestras e atividades físicas. O encerramento da ação será no dia 18, quando será promovida uma audiência pública sobre o assunto no Auditório Lindaura Carneiro, no CENOS.
 
Por: Departamento de Comunicação – PMS.